Liderança com propósito – O papel de transformação

Sempre começo os treinamentos sobre liderança transformadora questionado aos líderes: Porque você faz o que você faz?

Isso se torna cada vez mais pertinente nas organizações. É claro que temos missões pessoais e isso é tão nobre quando querer desenvolver pessoas. Já que muitos buscaram a liderança como forma de se sentirem mais amados, queridos e respeitados. Necessidades básicas de todo ser humano e que para alguns pode ser atendida exercendo a liderança.

Agora empresas buscam cada vez mais os líderes que transformem as pessoas para atender aos propósitos das organizações. E não me refiro a geração de valor econômico e sim a geração de valor agregado.

Se não está claro ainda, basta compreender que propósito não substitui a Missão, Visão ou Valores, mas nos remete a uma questão anterior que é: Que necessidade ela buscava atender quando foi criada? O que fazemos hoje, nos aproxima ou nos afasta deste propósito?

Alguns acham que a ideia de propósito é nova, mas basta pensar que empresas de tecnologia foram criadas para facilitar a organização de dados e com isso facilitar a vida das pessoas. Lojas de roupas para ajudar as pessoas a se sentirem bem com sua imagem e gerar autoconfiança e por aí seguimos…

Propósito é, portanto, atender ao chamado e garantir que seja entregue da melhor forma. 

A questão é que quando os líderes acham que o propósito da empresa é economizar, reduzir custos e aumentar receita. O propósito se perde e com isso a capacidade de convencer as pessoas que atuam nestas empresas de que vale mesmo a pena vestir a camisa. E isso impacta diretamente no engajamento.

Entendam que engajamento tem relação com paixão e não são todos que se apaixonam por reduzir custos a qualquer preço. As pessoas buscam cada vez mais conexões e propósito é exatamente sobre isso. 

Líderes, estejam atentos ao papel de transformação e considere se a sua liderança possui um modelo inspirador, inquieto na busca de melhorias, atento as mudanças externas, focada em desenvolver pessoas e sem medo de que alguém ocupe seu lugar. Se sim, você está no caminho certo.

Os que possuem estas habilidades conseguem gerir pelo propósito pois desejam que seus liderados sejam protagonistas e o apoiem na construção de resultados que atendam ao objetivo final da organização.

Estes líderes disseminam incansavelmente o propósito para as suas equipes, durante as reuniões, em feedbacks, nas discussões de planejamento estratégico. Quanto mais claro a todos maior a entrega de valor ao cliente final e com entregas de valor alinhadas ao propósito, logo a empresa alcança os valores que são importantes para os acionistas.  Que acontece de forma fluida pois eles já não estão sozinhos, construíram uma equipe de performance.

Propósito humaniza as relações nos negócios, com isso engajamento acontece naturalmente. Este é o Propósito da Liderança!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *