Você toma decisões usando a intuição?

Pois então deveria! – Muitas vezes subestimamos a nossa intuição por acreditarmos que tem relação apenas com energias ou com um dom divino, quando na verdade é uma habilidade presente em nosso cérebro desde o início da humanidade.

Quando estamos vivenciando uma situação, embora a sua atenção esteja no momento presente, o cérebro primitivo identifica o nosso entorno e registra com todos os nossos sentidos o que se passa no mesmo momento, mesmo que a gente nem perceba.

O resultado é que, diante de uma situação parecida, o nosso cérebro ativa estes sentidos e traz para o consciente memórias boas e ruins. O que chamamos de intuição, na verdade é nosso cérebro primitivo tentando fazer o que faz de melhor, prever os riscos do ambiente.

Já lhe disseram que apenas as mulheres possuem este ‘sexto sentido’, no entanto a verdade é que todos podem desenvolver esta habilidade. As mulheres por sua vez possuem uma vantagem biológica, pois elas conseguem perceber melhor o entorno que os homens e com isso geram mais registros.

Fato é que, a intuição pode ser uma habilidade incrível aplicada ao mundo dos negócios, considerada por muitos líderes de referência como fator decisivo para tomar decisões. Steve Jobs disse certa vez que a intuição era mais importante que o intelecto, Thomas Edson disse que todas as vezes que contrariou a intuição encontrou o fracasso.

A ciência e grandes nomes já compreendem a importância, vale a pena pensar a respeito. E como se valer desta habilidade.

E se intuição é uma habilidade ligada a nossa capacidade de registrar o nosso ambiente externo, como então podemos desenvolver?

A resposta é: Se conectando ao ambiente!

Busque desacelerar em alguns momentos, estamos tão envolvidos com tudo e competindo nossa atenção com tanta tecnologia, informações e meio externo que não prestamos atenção a nossa respiração. Preste atenção a sua respiração durante 01 minuto por dia, se possível faça isso 03 vezes ao dia e vai perceber a melhora em pouco tempo.

Pratique a atenção plena, quando estiver em um local, em uma conversa ou fazendo algo. Esteja presente de verdade!

Atualmente tomamos banho pensando no café, tomamos café pensando na reunião e seguimos a vida pensando no passo seguinte. Vivemos no futuro, portando não conseguimos registrar o presente que nos rodeia.

Pratique uma escuta ativa, ao ouvir alguém, ouça com todos os sentidos. Preste atenção na respiração, no rosto no tom de voz do outro. Com o tempo passamos a perceber as alterações.

Criatividade e intuição andam juntos!

Todos os dias se force a olhar algum objeto e pensar no que poderia fazer com ele, que seja diferente do objetivo inicial para o qual foi criado.

Confie na sua intuição!

Quando ela se fizer presente ouça, critique e tome decisões. Observe o resultado e com o tempo refine a capacidade.

A ciência está provando o que já ouvimos há tempos: acredite na sua intuição, ela pode ser sua aliada!

Texto originalmente retirado do Blog Gente & Gestão no site Folha Vitória.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *